PRIMEIRA COLUNA. PATROCÍNIO TEM A MAIOR RESERVA DE TITÂNIO DO MUNDO

ilmenita-titanio

Minerais. O Município é rico quanto aos recursos provenientes da natureza. Como é o caso de alguns recursos minerais. Desde os anos 80, este minifúndio de papel, com dados oficiais do Anuário Mineral de Minas Gerais, e DNPM, identificou e publicou que as reservas de titânio, guardadas no subsolo patrocinense, seriam as maiores do planeta. Recentemente, a estatal mineira Codemge (Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais), por meio dos técnicos Hildor Seer e Lúcia Moraes, mostra a importância do titânio. Especialmente, no contexto do Estado.

 

EM MINAS, SÓ NA REGIÃO – Os depósitos de titânio estão localizados em quatro municípios: Araxá, Tapira, Catalão (GO) e Patrocínio. Há ocorrências também em Presidente Olegário, Patos de Minas e Carmo do Paranaíba, ao longo da serra Mata da Corda. Entretanto, por ora, esses três últimos municípios ainda são classificados como “potenciais depósitos”.

 

A IMPORTÂNCIA DE PATROCÍNIO – Entre os seis municípios mineiros que abrigam as reservas de titânio, o Município é o único que tem mais de uma reserva identificada. Patrocínio tem quatro!

 

A RELAÇÃO – Com a toponímia (nome próprio de lugares) e a rocha hospedeira carbonatito, Patrocínio conta com Salitre I, Salitre II, Salitre III (essa entrando também no município de Serra do Salitre) e Serra Negra. As demais reservas são Araxá, Tapira, Presidente Olegário (A1), Patos de Minas (A2) e Carmo do Paranaíba (A3). O “A” identifica estudos mais recentes.

 

ASPECTOS GERAIS – Os principais minerais do titânio são a ilmenita, anatásio e rutilo. A África do Sul, China e Austrália são os maiores produtores de titânio. O Brasil somente produziu 1% da produção mundial. Embora o País possua as maiores reservas.

 

PARA QUE SERVE O TITÂNIO – A produção de tintas especiais para aplicação em embalagens sem toxicidade é um destino do titânio. Nisso as embalagens de leite, creme dental e protetor solar são exemplos do dia a dia. Na medicina as ligas de titânio são estudadas e empregadas em próteses dentárias e médicas.

 

titanio-industNAVES ESPACIAIS – O metal titânio é usado demasiadamente na indústria aeroespacial. Exemplificando, em motores de mísseis, estruturas de grandes aviões e veículos espaciais. Isso porque é um metal que tem plena resistência à corrosão e força.

 

DETALHES DO TITÂNIO DO ALTO PARANAÍBA – As reservas dos complexos de Tapira, Salitre, Serra Negra e Catalão (GO) têm a mesma composição dos carbonatitos (rocha rica em carbonatos de cálcio e magnésio). A de Araxá tem apenas magnésio (Mg) na composição. Patos de Minas, Carmo do Paranaíba e Presidente Olegário possuem outro tipo de rocha (alcalina). As reservas do Estado de titânio foram identificadas nos minerais anatásio, ilmenita e rutilo. Todavia, por volta de 2014, foi encontrado titânio também nos cristais de perovskita. Adivinhe onde? Em Patrocínio! Mais precisamente no complexo de Salitre. Os depósitos de titânio dos complexos de Tapira, Salitre (outra vez!) e Serra Negra são constituídos pelo mineral anatásio.

 

PENSAMENTO DE UM RANGELIANO – A região detém a maior reserva mundial do mineral anatásio. Mas, parece que ainda não há viabilidade para a sua exploração. Quando houver, é necessário que a classe política e a mídia patrocinense não se tornem dependentes das mineradoras. Que pensem grande. Que pensem em Patrocínio. A mineração é aceitável. Porém, com responsabilidade e segurança. E respeito ao meio ambiente.

 

POR FIM – Que também a produção seja no Município. E não levada para outros destinos. O que se viu até agora com o fosfato foi desprezo à cidade, nenhum retorno social e acanhamento da mídia. Assim, não dá para ser feliz! Que essa situação não se repita com o titânio. Patrocínio merece sempre o melhor.


 

pmp 686x113px apartirde10122019


 

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.