COLUNA DA MÔNICA. O frei Ederson consegue...

Mônica Othero Nunes


 Foto: Acervo Museu de São Bento|SP

alberto-messias-museuVisitei essa exposição em São Paulo no Mosteiro São Bento. 

Na gravura do anjo Gabriel a legenda cita também o nome dele dentro das religiões ligadas a cultura popular. Pensei alguma coisa está mudando. Mas… muita coisa, infelizmente, continua do mesmo jeito dentro da igreja católica. Confesso que me afastei faz tempo.


Não cabe aqui citar vários fatos acontecidos ao longo desses anos. Retornei algumas vezes nas missas celebradas por frei Ederson Queiroz. Ligar as passagens do Evangelho para o dia a dia não é todo celebrante que consegue.


O frei Ederson consegue.

 

Então, fui me informar onde ele celebra? Não sabia que existe uma pessoa que "escolhe" onde cada padre vai celebrar. Onde hoje o frei celebra? Não sei dizer. Precisa ligar na casa paroquial e perguntar.

 

ederson

Sou leiga em muitos assuntos no catolicismo. Por mim a Igreja tem que ser livre e viva em Cristo. Tem que tocar o coração das pessoas com esperança e verdade. Evangelizar. Praticar o que Jesus deixou.

Difícil? Sim.

 

 Foto: Acervo pessoal|Faceboo|Frei Ederson 

 

Se existe ciúmes, fofoca, inveja, retaliações… existe conflito.

Até o papa Francisco vem passando por isso.

 

Igreja não deveria representar poder entre os homens. Muito menos disputa. Mas, poder de transformação interna quando se pratica o Evangelho. Jesus pregava fora dos templos e junto dos humildes e excluídos. Confiava e entregava ao Pai. Assim...também devemos fazer.

 

Um dia conversando com um amigo católico que tinha um amigo ateu ambos idosos, eu perguntei como era a amizade dos dois?

- “Como Deus quer.Ele me aceita como sou.E eu o aceito como ele é. E rezo pra Deus cuidar da alma dele quando ele morrer. "

Ah...se existissem mais pessoas assim.

Aceitar o outro confiando em Deus.

 


DAEPA 450x108px 09042018