NOSSA HISTÓRIA. Crônica de Tião Loló sobre "Patrocínio e nossas histórias"

bloco-azt

 

 


Segundo encontro do bloco do AZT, em 2016. Foto: Elias Miranda|Patrocínio VIP


Sebastião Guimarães - Tião Loló escreve 


 

No mundo existem belos lugares, lindas paisagens, grandes horizontes e certamente, você faz parte deles.

É bonita por natureza, transcende alegria, inspira confiança. Suas formas são perfeitas. Em cada parte sua existe algo de belo, que quem a olha pela primeira vez, tem certeza de estar vendo algo fabuloso, soberbo.

Em você, já conviveram e convivem grandes pessoas com um passado exuberante, com um presente trabalhador e um futuro promissor.

Você é única, é forte. Tem ar de felicidade. Você é Patrocínio...

Deus é bom e justo. Uma cidade como a nossa merece grandes dádivas da natureza, como as que temos.

Do vulcão surgiu uma lagoa, das águas surgiram as mais belas cachoeiras e, até mesmo a água mineral. E se faltou alguma coisa o homem fez a sua parte e transformou um grande rio em um enorme lago.

Como é bom e fácil falar de Patrocínio, da sua gente e da sua história. Há quanta coisa boa, quanta saudade: já imaginaram que tivemos dois cinemas com capacidade para mais 500 pessoas, Churrascaria Alvorada com seus famosos bailes, o grandioso carnaval do Catiguá com suas noites memoráveis e com blocos lindíssimos (Sassaricando, AZT, Nós Sem Eles, Abre Alas e tantos Outros) o vai vem da praça Santa Luzia com sua fonte iluminada e sonora que possibilitou tantos namoros e casamentos, as horas dançantes nos clubes e nas casas e as boates a Nenphis, a Chic Choc e a Zum, que possibilitaram a nossa juventude da época viver momentos inesquecíveis.

Quantas personalidades honradas que fizeram tudo para o bem, para o desenvolvimento e o progresso desta cidade, (não posso nem citar nomes para não cometer injustiças, pois são tantos). Quantas pessoas simples que no seu dia a dia também fizeram aqui um lugar melhor de se viver.

Realmente de tudo aqui temos um pouco, se hoje perdemos parte deste glamour de pequena cidade pacata do interior, mas ganhamos em progresso, tecnologia e crescimento econômico, apesar de não substituir toda esta saudade que aqui citei.

 

Parabéns Patrocínio pelos seus anos de gloria e história.