FUTEBOL. O Patrocínio Esporte Clube pode voltar às atividades profissionais em 2019.

O clube deve voltar inicialmente a trabalhar com categorias de base, principalmente de sub 17 a sub 20

Foto: Rede Hoje

arnaldo

 

Arnaldo Santos é principal acionista do clube, a república dos atletas funciona em uma propriedade dele


Luiz Antônio Costa – Rede Hoje


 O Patrocínio Esporte Clube pode voltar às atividades profissionais depois de mais de 39 anos. Empresários locais, que atuam no investimento em atletas para transferi-los a clubes do Brasil e exterior começaram oficialmente as atividades nesta semana,

 

Arnaldo Ferreira dos Santos, Ronan Andrade e Cléber Carvalho são os dirigentes envolvidos nesta operação. Eles estão tentando resolver um problema burocrático que é uma dívida de décadas na Federação Mineira de Futebol (FMF), depois tentar reativar o antigo CNPJ da equipe, desativado desde os primeiros anos da década de 1970.

 

ronan-andradeO vice presidente, Ronan Andrade, diz que os dirigentes já há algum tempo estão trabalhando

 

O vice presidente, Ronan Andrade, diz que os dirigentes já há algum tempo estão trabalhando na regularização desta documentação junto à FMF e a estrutura de república e campo de treinamento já está funcionando. Como república dos jogadores, está sendo usada uma propriedade do presidente Arnaldo.

 

Sem pretensões. Segundo o presidente do Patrocínio Esporte, Arnaldo Ferreira dos Santos, o interesse é formar jogadores para colocá-los no mercado brasileiro e internacional. Para isso, a melhor forma de atraí-los é disputando um campeonato mineiro, “por isso nosso interesse de entrar na terceira divisão”, explica o presidente. O clube não tem pretensão de conquistar títulos, “se ocorrer, será de forma natural”, diz.

 

Arnaldo Santos – que é produtor rural e empresário na área de produção de mudas para café - informa que já tem jogadores no Rio de Janeiro e na Europa. “Já conseguimos levar atletas para Portugal, Espanha e Turquia e estamos fazendo o trabalho voltando para Patrocínio, começando um trabalho novo no amador e vamos dar seguimento para ver se no ano que vem(2019) possamos disputar uma terceira divisão”, informa.

 

cleber-carvalhoO diretor Cléber Carvalho, explica que os trabalho com bola já começaram

 

O diretor Cléber Carvalho, explica que os trabalho com bola já começaram nesta segunda-feira(23), no campo oficial do antigo Ninho da Águia, que foi preparado para receber a estrutura de futebol do time. O local foi cedido ao clube pelo secretário de Relações Institucionais do Gabinete do prefeito Deiró Marra, Deley Despachante.

 

O vice Ronan Andrade informa que foram feitas várias melhorias no campo – através do presidente Arnaldo - e que já há as competições amadoras que o Patrocínio E.C. vai disputar já este ano. “Pretendemos disputar o campeonato regional de Uberlândia, mas para 2019, quem sabe, ao invés de disputar uma competição amadora, disputamos o mineiro da segunda divisão”, explica


bellaforma 05032018 edit