Argentina e Suíça se enfrenta nesta terça-feira, às 13h

Ana Elisa Santana

ap140625-torcedor-argentino-rosto-pintado

Uma das favoritas ao título da Copa de 2014, a Argentina enfrenta a Suíça nesta terça-feira (1º), às 13h, na Arena Corinthians, em São Paulo, pelas oitavas de final da competição.

 

Sem vencer um Mundial desde 1986, a seleção sul-americana aposta no craque Lionel Messi para conquistar o tricampeonato. Passou pela Bósnia na estreia, venceu o Irã no final do jogo e teve mais dificuldade na vitória de 3 a 2 contra a Nigéria.

 

Enquanto isso a equipe europeia busca chegar às quartas de final do torneio - o que não acontece há 50 anos. Teve um grupo mais difícil do que a Argentina, e chegou a seis pontos. A equipe venceu de virada o Equador, foi goleada pela França e ganhou, com mais facilidade, de Honduras.

 

A Argentina, de Alejandro Sabella, deve ser escalada com Romero,  Zabaleta, Federico Fernández, Garay e Rojo, Fernando Gago, Mascherano e Messi,  Ezequiel Lavezzi e Gonzalo Higuaín.

 

A Suíça, de Ottmar Hitzfeld, deve ter atuação de Benaglio, Lichtsteiner, Fabian Schär, Djourou e Ricardo Rodriguez, Shaqiri, Behrami Xhaka e Inler,  Admir Mehmedi e Josip Drmic.

 

 

ap20140621-messi-golMessi tem quatro gols na Copa (Foto: © Jon Super/AP)

 

Na fase de grupos a Argentina contou com um talento em especial para resolver os três jogos: Lionel Messi, bola de prata da Fifa. Contra a Bósnia, foi ele que abriu o caminho para a vitória. Diante do Irã, o craque conseguiu achar um gol no final da partida e, contra a Nigéria, foi fundamental para chegar aos 3 a 2.

Com a saída precoce de Portugal e Cristiano Ronaldo, as atenções de todo o mundo em relação à capacidade individual estão sobre o argentino. Mesmo sem ter feito partidas geniais, fez a diferença na primeira fase. A dúvida é saber se, com jogos mais complicados, ele manterá o mesmo rendimento. Os sul-americanos apostam ainda no meia Di María, atual campeão da “UEFA Champions League” com o Real Madrid (ESP).

 

 A Suíça conta com o habilidoso meia Xherdan Shaqiri. Na última partida, mostrou o seu repertório de jogadas e também de oportunismo, quando fez os três gols na vitória sobre Honduras. Ele tem 23 anos e joga no Bayern de Munique (Alemanha). Além dele, a seleção europeia conta com a experiência do zagueiro Stephan Lichtsteiner (Juventus/ITA) e do goleiro Diego Benaglio (Wolfsburg/ALE). 

 

ap673216796657-shaqiri-comemoracao-1Shaquiri fez três gols contra Honduras (25) (AP Photo/Felipe Dana)

 

O retrospecto é largamente favorável à Argentina. Em seis jogos entre as seleções, a Suíça nunca venceu o rival sul-americano. Foram quatro vitórias da Argentina e dois empates. Somados todos os jogos, uma goleada de 14 a 3. As seleções fizeram um amistoso em 2012, e Messi fez três gols em uma vitória por 3 a 1.

 

Em mundiais, as seleções se encontraram apenas uma vez: na fase de grupos do Mundial de 1966. Mais uma vez, ali houve uma vitória dos hermanos, por 2 a 0.

 

Para a partida entre Argentina e Suíça, foi escalado um trio sueco. O juiz da partida será Jonas Eriksson.  Ele será auxiliado pelos compatriotas Mathias Klasenius e Daniel Warnmark.

 

 

itaquerao3Itaquerão terá quinto jogo na Copa (Portal da Copa)

 

O jogo entre Argentina e Suíça acontece na Arena Corinthians, o Itaquerão, em São Paulo. O estádio pode receber até 62.601 espectadores para jogos da Fifa, e já foi palco de quatro partidas bem equilibradas na Copa do Mundo, mesmo que sem nenhum empate. Na primeira fase, sediou a abertura do evento, com Brasil e Croácia, as vitórias do Uruguai sobre a Inglaterra, da Holanda  diante do Chile, e da Bélgica sobre a Coreia. Saiba mais sobre o Itaquerão

 

Ficha do jogo

Argentina x Suíça

Data: 1º de julho de 2014

Horário: 13h

Estádio: Itaquerão, em São Paulo (SP)

Árbitro: Jonas Eriksson (Suécia).    

Auxiliares: Mathias Klasenius e Daniel Warnmark (Suécia)


 

Ana Elisa Santana é jornalista da EBC