Inter vence quinta partida seguida e assume liderança provisória


Jogadores comemoram a quinta vitória seguida no Brasileirão

Da Redação da Rede Hoje

O Internacional conquistou a quinta vitória seguida no Brasileirão ao bater o Goiás por 1 a 0 na noite deste sábado, no Serra Dourada. O gol que garantiu a liderança provisória isolada (poderá ser ultrapassado pelo Cruzeiro se o time mineiro empatar ou vencer o Santos neste domingo) foi marcado contra pelo zagueiro Pedro Henrique.  

O time colorado soma 31 pontos após 15 rodadas (Cruzeiro tem 30), com nove vitórias, quatro empates e duas derrotas. Já são cincp jogo sem sofrer gol no Brasileirão. 

Na quarta-feira (20/8), às 22h, o desafio é diante do São Paulo, no Beira-Rio, pela 16ª rodada.

Time ganha reforços. O zagueiro Juan, o volante Wellington e os meias D'Alessandro e Alex retomaram a titularidade depois de desfalcarem o Inter diante do Ceará, pela Copa do Brasil. Willians e Wellington Paulista, lesionados, ficaram de fora do time. Cláudio Winck e Ernando foram as novidades.

Homengens a Fernandão. Antes do jogo, o Goiás homenageou Fernandão, que foi revelado pelo clube do centro-oeste. Duas camisas do time de Goiânia emolduradas em um quadro foram entregues a familiares do eterno capitão colorado. Crianças formaram o número 9 no centro do gramado e uma faixa com a mensagem "Nossa saudade é do tamanho da sua história" também foi exibida.

1º tempo equilibrado. Com boa troca de passes, o Inter começou o jogo se impondo no campo de ataque. Aos 5min, Aránguiz correu até a linha de fundo e cruzou para Rafael Moura cabecear sobre o gol. Aos 10min, Alex chutou rasteiro em cobrança de falta e Renan, ex-Inter, fez a defesa. Aos 19min, o camisa 12 quase abriu o placar em bela jogada individual: Alex fez o giro em cima do marcador e disparou chute que passou rente à trave direita.


Inter conquistou a segunda vitória fora de casa neste campeonato

O Goiás passou a ameaçar a partir dos 25min, primeiro com Thiago Mendes, que arrancou em alta velocidade e só não conseguiu a conclusão a gol porque Juan fez corte providencial para escanteio. Pouco depois, Erik invadiu a área e também teve o chute travado no último momento, desta vez por Ernando. Aos 32min, Erick e Bruno Mineiro trocaram passes no interior da área e Ernando apareceu novamente para afastar o perigo.

No finalzinho do primeiro tempo, Aránguiz recebeu grande lançamento de D'Alessandro mas teve o chute abafado pelo lateral Lima. 

Gol contra garante quinta vitória seguida

No segundo tempo, foi o Goiás que criou a primeira chance, aos 7min, em chute de longe de David que Dida defendeu em dois tempos. Porém, o Inter era mais incisivo e também chegava com força. Aos 10min, Alex soltou uma bomba que passou muito perto da trave direita. Aos 14min, Alex recebeu bom passe de Rafael Moura e chutou prensado com a zaga. Aos 18min, foi a vez de D'Alessandro arriscar das proximidades da área, com a bola saindo à esquerda de Renan.

Momento do gol contra do zagueiro Pedro Henrique

A atuação equilibrada do Inter foi premiada aos 31min, quando Fabrício cruzou da esquerda e, na tentativa de afastar a bola, o zagueiro Pedro Henrique acabou marcando gol contra. O Colorado fazia 1 a 0 no Serra Dourada.

O time de Abel Braga manteve o controle da partida até o apito final e garantiu a segunda vitória fora de casa neste campeonato.

"Nossa parte foi feita. A gente sabia que precisava engatar uma sequência de vitórias para brigar pelo topo. Fizemos um jogo melhor e, também com sorte, merecemos o resultado", disse Alex.

"Emendar cinco vitórias não é fácil. O futebol brasileiro é muito difícil. Mas nossa equipe está concentrada e trabalhando forte para seguir na briga pelo título", destacou D'Alessandro.

"Estávamos há pouco tempo a nove pontos do Cruzeiro e agora acabamos com esta vantagem. Hoje não tivemos uma atuação espetacular, mas também não deixamos o adversário jogar", avaliou o técnico Abel Braga.

"Demos um importante passo. O campeonato é muito difícil, por isso vamos precisar do apoio da torcida já na quarta-feira contra o São Paulo", projetou o vice-presidente de futebol Marcelo Medeiros.

Ficha técnica:

Goiás (0): Renan; Valmir Lucas, Felipe Macedo, Pedro Henrique e Lima; Amaral, Thiago Mendes (Tiago Real) e David e Murilo (Assuério); Erik e Bruno Mineiro (Samuel). Técnico: Ricardo Drubscky.

Internacional (1): Dida, Cláudio Winck, Ernando, Juan e Fabrício; Ygor (Jorge Henrique, no intervalo), Wellington, Aránguiz, D'Alessandro e Alex (Leandro, aos 26min do 2º tempo); Rafael Moura (Bertotto, aos 39min do 2º tempo). Técnico: Abel Braga.

Gol: Pedro Henrique (I, contra), aos 31min do segundo tempo.

Cartões amarelos: Wellington (I); Bruno Mineiro (G).

Arbitragem: Emerson de Almeida Ferreira, auxiliado por Janette Mara Arcanjoe Pablo Almeida da Costa (trio de MG).

Local: Serra Dourada, em Goiânia.


Unicerp