DAVI X GOLIAS. O CAP tenta um bom resultado contra o completo Atlético Mineiro em BH

O CAP vai enfrentar o Atlético Mineiro sabendo de suas limitações, mas não abre mão de sonhar por um resultado positivo

 

cap-berger

 

Berger que marcou contra a URT deve entrar como titular. Foto: Alair Constantino|Dono do Apito


Luiz Antônio Costa | Esporte Hoje Rede Hoje | Rádio Módulo


O Clube Atlético Patrocinense(CAP) entra na 4ª rodada do Campeonato Mineiro numa boa posição, o 6o lugar, e pretende pelo menos continuar lá. O time grená tenta uma façanha muito difícil no jogo deste domingo(28) contra seu xará, Clube Atlético Mineiro, no Independência, às 17h.

 

O técnico Rogério Henrique ainda não definiu o time – que pode se o que começou contra a URT em Patrocínio, na quarta-feira. O zagueiro Diego Borges que passou mal estar nesta sexta-feira pela manhã, estará em campo.

 

O presidente Maurício Cunha, em entrevista à Rádio Módulo, neste sábado, explicou que “foi um problema simples, o jogador passou por avaliação médica e até viajou com a delegação”.

 

Reforços. Há setores que incomodam o técnico como a lado esquerdo. No treino da sexta-feira, Magal começou e Danilo Tarraxa terminou o treino. Parece que a diretoria perdeu um pouco da paciência com o setor e já anunciou que devem estar em Patrocínio na segunda-feira, um lateral esquerdo e o jogador de ataque pela esquerda. Não foram divulgados nomes.

 

ATLXCAP-HISTORIA0001

 

Este foi o ultimo jogo oficial  entre as duas equipes, com goleada: Galo 4 x O em abril de 1994

Imagem: arquivo Rede Hoje | reprodução do jornal Estado de Minas

 

Histórico. Galo e Águia já se enfrentaram seis vezes, sendo três oficiais: o Atlético venceu duas partis por 2 x 0, em outubro e novembro de 1992, e 4 x 0 de 1.994, gols de Kanapkis, Éder, Renato Gaúcho e Reinaldo foi, junto com Renato Gaúcho Do total de confrontos pelo estadual, um empate em 2 x 2 em 20 de fevereiro de 1.994. CAP e Atlético jogaram dois e cada um venceu um. Fora 3 x 1 para o Galo em 14 de março de 1.965 e 1 x 0 para o Patrocinense dia 13 de dezembro de 1.992, no estádio Pedro Alves do Nascimento. Gol de Dudu para o CAP, na despedida do goleiro João Leite, do Atlético, do futebol.

 

As duas equipes voltam a medir forças quase 24 anos depois e as duas equipes estão empatadas na pontuação do Mineiro com 04 pontos cada, sendo que o time alvinegro leva vantagem no saldo de gols: 2 contra nenhum do Patrocinense. O CAP vem de empate contra a URT de Patos de Minas e o Atlético de derrota para o Villa Nova.

 

cap -mario-cesar

 

O CAP conta com a segurança da defesa e do meio campo, que tem o experiente Mário César. Foto: Alair Constantino|Dono do Apito

 

FICHA

CAP deve mandar campo Neguet; Ângelo, Diego Borges, Rodolfo Mol e Magal; Mario César, Leomir, Berger e Juninho Arcanjo; Gênesis e Ademir.

 

Atlético vai com o que tem de melhor: Victor; Samuel Xavier, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Arouca, Elias e Cazares; Otero, Ricardo Oliveira e Róger Guedes. 

 

Arbitragem: Felipe Fernandes Lima. Assistentes: Ricardo Júnior de Souza e Augusto Magno Ramos


expressouniao 26062014 redehoje 600x100 insti