Bandido e policiais militares trocam tiros em Guimarânia; ele escapou, mas PM prendeu outro traficante

090218-Trafico---Guima

Em GUIMARÂNIA/MG, dia 08, por volta de 23h00, A Polícia Militar recebeu diversas denúncias anônimas, relatando que estaria ocorrendo intenso tráfico de drogas na Rua Monsenhor Sebastião Fernandes, bairro Novo Horizonte.

De posse dessas informações, foi iniciado monitoramento no local, presenciando o autor conhecido portando um revolver na cintura. Desembarcados, os militares deram ordem legal para que o mesmo se postasse em posição de busca pessoal, porém o mesmo desrespeitou as ordens e começou a correr, sacando um revolver e efetuou disparos em direção aos militares, que para resguardarem suas vidas, revidaram a injusta agressão.

Em ato contínuo, o autor saiu em desabalada carreira pela vegetação existente no local, abandonando a arma pelo caminho, sendo acompanhado, porém não foi possível abordá-lo.

Refazendo o caminho utilizado pelo autor, foi localizado pelos militares, próximo ao local dos disparos, um REVÓLVER calibre 32 com dois cartuchos picotados  e dois cartuchos intactos. Na residência da Rua Monsenhor Sebastião Fernandes foi localizado o autor C.R.M. de 41 anos, que relatou que o autor que evadiu teria lhe dado a quantia de três porções de crack, para que o mesmo vendesse os entorpecentes e monitorasse a presença da Policia Militar.

O autor C.R,M, ainda disse que o outro vende bastante quantidade de crack, indicando o local onde ele escondia a droga, sendo localizado pelos militares, enterrado na terra, embaixo de um tijolo, dentro de um recipiente plástico no lote do imóvel, 108 pedras de uma substância semelhante à crack prontas para o consumo, 06 pedras maiores não fracionados (que renderiam aproximadamente mais 23 pedras no total de tamanho comercial) e uma porção de uma substância semelhante ao crack esfarelado, além da quantia de R$ 2.235,00(dois mil duzentos e trinta e cinco reais) em cédulas diversas.

Diante do exposto, o autor C.R.M. foi preso e encaminhado a Delegacia de polícia.

 

(ASCOM / 46º BPM)


atenas-bernoulli-21112017