MUNICÍPIO. Câmara de Patrocínio carimba devolução de 1,8 milhão à Prefeitura que terá que usar recurso em reajuste do funcionalismo

A autoria da indicação – já aprovada - foi do presidente da casa Thiago Malagoli

thiago

Malagoli:”com esta Indicação reitero a prioridade de fiscalizar, considerando o princípio da transparência e do respeito à coisa pública”. Foto: Divulgação


Da redação da Rede Hoje


A Câmara Municipal de Patrocínio vai devolver o duodécimo de 2018 com o objetivo de utilização dos recursos no reajuste dos Servidores Municipais de Patrocínio, em 2019. O presidente Thiago Malagoli da Câmara Municipal é o autor da indicação (782/2018), aprovada em reunião ordinária do dia 6 deste mês.


No ano anterior a Câmara repassou para o Município quase R$ 1,4 milhão de reais e que foram utilizados para esta finalidade. Este ano o valor a ser devolvido deverá ficar na casa de R$1,8 milhão. Thiago Malagoli defende que “esta é uma forma de garantirmos a destinação justa deste representativo montante financeiro”.

 

Malagoli disse à imprensa e depois postou nas redes sociais que fez esta indicação porque “conforme Constituição Federal, à Câmara impõem-se a obrigatoriedade de devolver os excedentes do duodécimo não utilizado, e somente o prefeito tem autonomia para definir como o valor será aplicado. E, com esta Indicação reitero minha prioridade como vereador: de fiscalizar, considerando o princípio da transparência e do respeito à coisa pública. Além de ser mais uma ação em defesa e respeito ao funcionalismo”, concluiu.


ONNET-686x113px-07112018