FRIO. Geadas do final de semana devem causar muitos prejuízos aos produtores rurais, especialmente cafeicultores

Os efeitos na cidade não foram tantos, mas, na zona rural muitas lavouras foram atingidas e há registro de muitos cafezais com indicação de queima pelo frio

Fotos: Facebook|Whatsapp geada1

A imagem deste pivô de irrigação nas redes sociais foi o que mais assustou indicando que a geada foi forte 


Da redação da Rede Hoje


geada4Este domingo, 7 de Julho de 2019, foi um dos dias mais gelados dos últimos anos em Patrocínio, MG. Mas não foi só no município do Alto Paranaíba. Segundo os cafeicultores, houve muito cafeeiro queimado pela geada. Os pivôs de irrigação chegaram a ficar congelados. Ainda não há certeza, mas as imagens de lavouras queimadas pela geadas indicam prejuízos para os produtores rurais, principalmente cafeicultures.

 

Cafeeiro aparentemente muito queimado, mas a ação do frio pode estar só na folha.

 

Onofre de Luz Ferreira, proprietário rural na região de Santo Antônio da Lagoa Seca(município de Patrocínio) disse a Rede Hoje que o café queimou bastante nas fazendas da região. Ele enviou algumas fotos da ação do frio na região de Macaúbas de Baixo, entre elas, de um pivô de irrigação congelado.

estaçao do unicerp

Dados da estação meteorológica do Unicerp em Patrocínio,MG

 

DOMINGO. Na estação meteorológica do Unicerp, registrou neste domingo, 7 de julho, a temperatura máxima de 22o e a mínima de 4,9o..Quando esta reportagem foi concluída, 23h18 deste domingo, a temperatura registrada era 10,3o. 

termometro

Num vídeo que circulou pelas redes sociais neste domingo, um produtor mostra a lavora. Com um termômetro eletrônico, às 5h20 da manhã, registrando -1,7o na região de Chapadão de ferro – também Patrocínio – o produtor dizia: “5h20 da manhã, -1,7 graus, não sobra nada não”, numa alusão ao cafezal.

 

Termomentro em plantação de café de Patrocínio, às 5h20 da manhã, registrava 1,7 grau negativo

 

Quando o dia amanheceu, deu para conferir os estragos. E eles foram grandes, como se pode constatar nas fotos. As plantações de café sentiram a menor temperatura de Patrocínio nos últimos anos, chegando a quase 2 graus negativos. Em Belo Horizonte não acontece um mês de julho tão frio assim a 44 anos: 5,7 graus.

 

Na cidade, durante o dia, a temperatura era normal para a época do ano, girando em torno de 18o a 22o, mas por volta das 18 horas, já havia baixado bem a temperatura, prometendo outra noite de frio intenso. A Rede Hoje constatou que pouca gente se aventurou a sair às ruas à noite.

 

ATÉ TERÇA. A Rede Globo registrou no “Fantástico” que em algumas regiões do país o frio bateu o recorde, para passagem de uma massa de ar polar mais frio dos últimos três anos. A massa de ar polar que atingiu as regiões Sul Sudeste e algumas cidades do centro-oeste que provocou essa queda nas temperaturas deve se manter até terça-feira pelo menos deve continuar assim.