ECONOMIA. SINE de Patrocínio chega aos 45 mil atendimentos, segundo relatório da Asscom do Município

Foram colocados no mercado de trabalho 10.564 pessoas; os dados estão demonstrados no Caged/Sedese-MG 

carteira-de-trabalho-digital

 


Da redação da Rede Hoje


Desde sua reinauguração em 2017, a Unidade do SINE Patrocínio, vinculado à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, atendeu à população com orientações e condições para a inserção no mercado de trabalho, atendendo até o dia 30 de novembro deste ano de 2019 mais de 45.000 trabalhadores. A informação consta em divulgação da Assessoria de Imprensa do Governo Municipal.

 

De acordo com a informação, dentre os serviços prestados pela Unidade estão, o Seguro Desemprego, intermediação de mão de obra, emissão de CTPS, Empregador Web, além de também funcionar no local a Junta Militar, espaço para treinamentos e outros serviços prestados à população.

 

A notícia esclarece que “com o programa Jovem Aprendiz, mais de 600 jovens foram colocados no mercado de trabalho em parceria com Senai e Rede Cidadã, além da inserção de 219 Pessoas com Deficiência”.

 

Segundo o relatório, foram também ofertados “os cursos de auxiliar administrativo, motorista de caminhão, motorista, operador de trator esteira, de pá carregadeira e de moto niveladora. Além disso, também foram ofertados cursos da Central de Autônomos em parceria com o Governo Estadual, nas áreas de jardinagem, cuidador de idosos e manicure, todos de forma gratuita”.

 

MERCADO FORMAL. Um dado importante dessa matéria refere-se ao mercado formal de trabalho. Segundo a informação da Asscom, “foram colocados no mercado de trabalho 10.564 pessoas, conforme demonstrado nos dados do Caged/Sedese-Mg. O SINE Patrocínio tem aprimorado os trabalhos buscando parcerias que visem à integração e estimulo do fomento de emprego e renda em nosso município por meio do Governo Municipal e em parcerias com empresa privadas que de fato viabilizem oportunidades de trabalho”.

 

Diversas ações e projetos de atendimento a imigrantes, população carcerária, jovens em processo de ressocialização foram realizados e parcerias foram feitas, sempre com o objetivo de melhorar as condições de empregabilidade e orientar efetivamente tanto o empregador quanto o trabalhador de Patrocínio, sempre de acordo com as a orientações da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Ministério da Economia, visando a excelência no serviço prestado ao público.


 

camara 26112019 4323 BANER redeHoje 868x113px