Morre quarta vítima de troca de tiros com a PM em Patrocínio

Assaltantes trocaram tiros com PM, três morreram no BR365 e o menor, que estava em coma, morreu neste sábado na UTI da Santa Casa

Da Redação da Rede Hoje

poli2

Morreu nesse sábado, na Santa Casa de Patrocínio, a quarta vítima da troca de tiros com a Polícia Militar. O menor DOF de 15 anos, deu entrada nesta sexta-feira (15) na UTI do hospital com um rim e um dos pulmões comprometidos pelos ferimentos de arma. Ele é um dos quatro indivíduos mortos na ação da polícia.  

DOF teve também um irmão morto em confronto com a polícia, há três anos, em 24 de agosto de 2011. Como nesta sexta, o irmão de DOF, Wellington José de Oliveira Caldeira “Tucaninho”, na época com 21 anos, trocou tiros com Polícia Civil.

Os outros três que morreram ontem foram: Romário Barbosa da Silva, 22 anos, natural de Matias Cardoso-MG; Maicon Júnior de Souza, 20 anos, de Patrocínio-MG; e um identificado apenas como Fernando ou Jefinho, segundo a polícia, ele não é de Patrocínio e estava morando na cidade a pouco tempo e teria uma irmã residindo na cidade.

ENTENDA O CASO - Após assaltar uma fazenda na região de Macaúbas de Cima, os quatro homens - entre eles um menor que faleceu hoje - trocaram tiros com a Polícia Militar na BR 365. Três do assaltantes morreram na hora e o menos hoje, sábado.

Segundo informações da policia, uma das vítimas do roubo conseguiu acionar a PM. O Tático Móvel, a Polícia Rodoviária e outras guarnições foram acionadas. No local além entre os materiais roubados, os suspeitos levaram duas armas de fogo de cano longo, calibres 32 e 36 e veículo Gol de propriedade de uma das vítimas.

Quando os policiais da PM chegaram no distrito de Silvano, encontrou o veículo ocupado pelos quatro suspeitos que fugiam em direção a Patrocínio. Assim que viram a polícia, os assaltadas fugiram para a BR 365 e foram perseguidos.

Mas, havia um agravante: a rodovia estava movimentada devido ao grande número de veículos que retornavam de Romaria. A polícia fechou o trânsito de rodovia na altura dos bairros Amir Amaral e Congonhas e, segundo os militares, houve reação dos assaltantes.

Na intensa troca de tiros, morreram três assaltantes na hora e o menor morreu neste sábado pela manha no Santa Casa.

Segundo a policia, todos os mortos tenham passagem na policia por tràfico de drogas, homicidio, assalto e roubo.

Os quatros assaltantes mortos devem ser enterrados amanhã em Patrocínio. A Policia civil vai investigar o caso.


Coopacredi