Declaração foi feita em Patrocínio, MG: “nós temos que ajudar é quem produz, quem gera comida, emprego, riqueza, não podemos mais baixar a cabeça para mineradora, aquilo não interessa ao nosso estado”

 

Kalil participar em Patrocínio da inauguração da revitalização do Centro Esportivo Peúca, a declaração foi dada durante discurso numa defesa da melhoria das rodovias da região.


Luiz Antônio Costa | Rede Hoje

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, PSD, disse que é preciso fazer uma defesa do Triângulo Mineiro que produz comida, gera emprego, riqueza e que “não podemos mais baixar a cabeça para mineradora — que produz soterramento e morte —, aquilo não interessa ao nosso estado, o que interessa tá aqui(no Triângulo)”.

Kalil esteve em Patrocínio no sábado (16) para participar de uma inauguração da revitalização do Centro Esportivo Peúca. A declaração foi dada durante discurso numa defesa da melhoria das rodovias da região.

“Eu acho que é um momento importante para todos. Assumi a Frente Mineira de Prefeitos, nós vamos trabalhar (para o Triângulo), porque é uma região muito rica. Todos nós sabemos da dependência do estado de Minas Gerais com o Triângulo que é grande. A gente sobrevoando aqui pode ver que tá todo plantado, produzindo. Nós que estamos naquela selva de pedra, temos a plena consciência da importância dessa região para o estado. Então, tem que ter atenção da frente para que essa região tenha rodovia de escoamento decente. Temos que ter cuidado com quem nos alimenta. Quem está aqui(em Patrocínio) não sabe que nós sabemos que daqui sai do nosso alimento, daqui que sai a nossa carne, daqui sai a riqueza de Minas Gerais”. Defendeu Kalil.

MINERADORA, NÃO. Mais à frente, Alexandre Kalil afirmou que “o minério vai degradar. A região mineradora é para soterrar, é pra matar. Depois, nós vamos lá pegar um dinheirinho que não representa absolutamente nada, perto da riqueza que o Triângulo Mineiro representa; que é renovável, que é cultivável, que dá emprego, que é eterna, o que o minério não é”, disse.

OUSADIA. O prefeito de Belo Horizonte disse também que a Frente Mineira de Prefeitos vai levantar o Triângulo Mineiro. “Esse Triângulo, ele é vital. Nós precisamos de ousadia. Da ousadia que os paulistas tem, que o Mato Grosso tem, que Goiás tem. Nós precisamos de ter voz, levantar a cabeça e dizer o seguinte: ‘nós temos que ajudar é quem produz, quem gera comida, emprego, riqueza’. Não podemos mais baixar a cabeça para mineradora. Aquilo não interessa ao nosso estado. O que interessa tá aqui”, completou Kalil.

CENTRO ESPORTIVO. Fechando sua fala, Alexandre Kalil disse ao prefeito Deiró Marra que “vitalizar um centro esportivo, e eu sou da area, é tão importante quando revitalizar e inaugurar uma escola”, concluiu.